Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Escola de Profetas: Ministros da Palavra (2ª aula)

Jesus Cristo é a própria Palavra de Deus encarnada.


Escola de Profetas: Ministros da Palavra       (2ª aula)


(continuação)

  1. No Antigo Testamento a Palavra de Deus é proclamada pelos profetas; aí temos o ministério dos profetas
  2. Na peregrinação terrena do Senhor Jesus, a Palavra de Deus tornou-se carne; assim, temos o ministério do Senhor Jesus. 
  3. No Novo Testamento a Palavra de Deus é proclamada pelos apóstolos; como resultado, temos o ministério dos apóstolos. 


O Ministro da Palavra nos Evangelhos: O Senhor Jesus


Anteriormente Deus empregava a voz dos homens para proclamar Sua Palavra. No Antigo Testamento a Palavra vinha sobre os homens. A Palavra e o ministro eram duas coisas distintas. Não foi assim com o Senhor Jesus, ele é a Palavra encarnada. Ele próprio era a Palavra de Deus (Jo 1.14). Tudo o que Ele fez e disse era inteiramente a Palavra de Deus. Seu ministério era o ministério da Palavra de Deus.

Com o Senhor Jesus, a Palavra de Deus usou não somente uma voz humana, mas também os pensamentos, sentimentos e opiniões. Deus não queria que sua Palavra fosse somente uma palavra (som), Ele queria que fosse uma pessoa. E isso torna a Palavra do Senhor Jesus mais elevada que no Velho Testamento, confira em Mt 5.21.

Os Ministros da Palavra no Novo Testamento: Os Apóstolos

O ministério dos Apóstolos segue o padrão do Senhor Jesus, juntamente com a adição da reveleção do Antigo Testamento. A diferença entre o ministério dos Apóstolos com o ministério do Senhor Jesus é a seguinte: no caso do Senhor Jesus, a Palavra se tornou carne, ou seja, primeiro existia a Palavra, a carne, então, se adaptou a ela. No entanto, no ministério dos Apóstolos, temos primeiro a carne, que para se tornar útil para se tornar um ministro da Palavra, essa carne tem que ser transformada segundo os padrões da própria Palavra.

Aqueles que são escolhidos no Novo Testamento não são perfeitos como o Senhor Jesus, pois Ele é o Santo de Deus sem nenhuma impureza. Assim, Deus deve tratar esses escolhidos, elevá-los ao nível que deseja, para que sua Palavra seja pronunciada atraves deles. A Palavra não será mais apenas pronunciada pela voz humana, passa ser também, observável nas atitudes, emoções, condutas do indivíduo. Saiba que Deus tem prazer de colocar sua Palavra nos indivíduos e depois permitir que ela seja visível nas várias áreas da vida do homem. No Senhor Jesus, a Palavra se tornou carne, nos ministros do Novo Testamento, a carne é transformada para receber a Palavra.

O Novo Testamento está repleto de elementos humanos; mesmo assim, também é a Palavra de Deus.

Cada escritor mantém sua ênfase, usa suas frases especiais e preserva suas características. Por meio deles, a Palavra de Deus é transmitida sem sofrer qualquer perda. Ela tem as marcas dos homens e possui características humanas, mas permanece como Palavra de Deus - assim é o ministério da Palavra no Novo Testamento. Deus não transforma homens em gravadores, Ele não deseja isso. Uma vez que o Senhor Jesus já veio e o Espírito Santo agora habita naqueles que crêem, Deus trabalha na vida do crente até que seus elementos humanos não causem prejuízo à Palavra de Deus. Assim, o Espírito Santo opera nos homens, controlando-os e disciplinando-os.

Aqueles indivíduos que não foram tratados por Deus não podem ser usados. Se o elemento pessoal é questionável diante de Deus, sua Palavra não pode ser transmitida por esse indivíduo. Ele não é adequado; não pode ser ministro da Palavra. Deus vai ter de deixar de lado aqueles cuja estrutura humana contém impurezas, obras da carne e elementos condenados pelo Senhor. Outros devem ser deixados de lado porque jamais foram quebrantados diante de Deus, seus pensamentos não são sinceros, sua vida é indisciplinada, são obstinados, suas emoções são descontroladas ou têm pendências com Deus. Se esses assim pregarem, a Palavra fica bloqueada, não é reconhecida como Palavra de Deus e a mensagem será ineficaz.. Por isso, a condição do homem diante de Deus é um problema básico para os ministros do Novo Testamento.


NOTA: Querido leitor, este é o segundo de uma série de estudos que serão intitulados Escola de Profetas. Trata-se de um projeto que fomos direcionado pelo Santo Espírito do Senhor para desenvolvermos junto aos obreiros. Nas primeiras aulas, estudamos, além da Bíblia Sagrada, o livro de Watchman Nee descrito abaixo. Para aqueles que serão tocados pelo Senhor para meditarem nesses estudos, aconselho que comprem o livro.


Fontes de pesquisas:
O Ministério da Palavra de Deus - Watchman Nee - Editora Clássicos


Bp Erisvaldo Pinheiro Lima
Comunidade Evangélica Arca da Aliança
Ministrado em Setembro de 2014

Postagens mais visitadas deste blog

Elias na caverna e as provas do vento, terremoto e fogo.

A ressurreição de Lázaro: o tempo, o silêncio e a pedra

Quem é você na parábola do bom samaritano?