Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Os dez mandamentos do crente




(Hebreus 12:12-17) 
Portanto, tornai a levantar as mãos cansadas, e os joelhos desconjuntados,
E fazei veredas direitas para os vossos pés, para que o que manqueja não se desvie inteiramente, antes seja sarado.
Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor;
Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem.
E ninguém seja devasso, ou profano, como Esaú, que por uma refeição vendeu o seu direito de primogenitura.
Porque bem sabeis que, querendo ele ainda depois herdar a bênção, foi rejeitado, porque não achou lugar de arrependimento, ainda que com lágrimas o buscou.


Quando falamos em mandamentos, logos nos lembramos das tábuas dos 10 mandamentos dados à Moisés. Aquelas que foram escritas pelo dedo de Deus e entregue à Moisés no Monte Sinai. Que foram quebradas pela desobediência, mas que foram novamente refeitas pelo dedo de Deus, e entregue ao povo escolhido por um tempo até serem guardadas na Arca do Concerto. Aquelas tábuas representavam Cristo!

Cristo foi ‘quebrado’ pela nossa desobediência. Mas Deus é especialista em refazer. O inimigo trabalha para que tudo tenha um ponto final, porém Deus opera refazendo situações e pessoas. Assim como Deus refez as tábuas dos mandamentos, refez a vida em seu unigênito, Deus irá refazer sua história. Aquilo que está quebrado hoje, o Senhor irá refazer e entregar em tuas mãos.

Deus refez a vida em seu Filho. Filhos não foram feitos para destruição. Ouçam filhos de Deus, você não foi feito para destruição! Deus irá refazer, restaurar, restituir na tua vida, aquilo que o inimigo tenta destruir.

Se a tábua dos mandamentos representa o Filho de Deus, e você é aceito como filho de Deus, eu te convido a ser tábua nas mãos desse Deus. Olhe para o texto de Hebreus 12.12-17 e permita Deus escrever dez mandamentos nas tábuas do teu coração hoje:


1- Levantem as mãos cansadas. (v.12)

Tuas mãos são abençoadoras! Levante-as, mesmo que esteja cansada, levante em oração.

2- Fortaleçam os joelhos desconjuntados. (v.12)

Os joelhos mesmos desconjuntados devem ser fortalecidos em Deus. Dobre o teu joelho e não deixe de clamar, não deixe de suplicar diante do Deus que te escuta.

3- Fazei veredas direitas para vossos pés. (v.12)

Onde teus pés têm pisado fala muito do tipo de pessoa que você é. Deus quer usar teus pés para em lugares onde Ele quer operar. Deixe Deus guiar teus pés para o encontro de pessoas que necessitam.

4- Para que o que manqueja seja sarado (v.13).

Tuas mãos, teus joelhos e teus pés são instrumentos para o Senhor operar milagre para aqueles que manqueja.

5- Segui a paz com TODOS. (v.13).

Tenha um bom relacionamento com todos ao seu redor. Teu testemunho irá falar por você enquanto estiveres de calado.

6- Segui a santificação (v.14).

Veja que santificação deve ser seguida. Como uma busca que não cessa, busque a santificação, pois sem ela ninguém verá o Senhor.

7- Tenha cuidado para que ninguém se prive da Graça de Deus (v.15).

As pessoas precisam conhecer a Graça do Senhor. E você é o veículo que Deus quer usar para que elas conheçam a Graça. Você não poderá levar a Graça a ninguém se você não vivê-la.

8- Tenha cuidado para que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe (v.15).

Guarde teu coração. Se você optar por viver estes dez mandamentos em tua caminhada cristã, saiba que teu coração vai ser atacado com amarguras. Tenha cuidado, não permita nenhuma raiz de amargura no teu coração, quando começa aparecer, libere logo o perdão e pronto.

9- Ninguém seja devasso como Esaú (v16).

Valorize teu chamado. Não venda, nem troque por nada. Você é escolhido para ser vaso nas mãos do Senhor, para realizar o propósito dEle, honre isso.

10- Tenham cuidado para que não sejam rejeitados e não encontrem arrependimento (v. 16,17).

Viva o perdão de Deus, e fale desse perdão aos outros.

Perceba que estes dez mandamentos devem ser vividos, mas são apontados para benefício do próximo. Todos eles se resumem em amar o próximo. Viva esse amor, e leve-o aos outros.


Paz a todos, Bp Erisvaldo Pinheiro (ministrado em 12/10/12)

Postagens mais visitadas deste blog

Elias na caverna e as provas do vento, terremoto e fogo.

A ressurreição de Lázaro: o tempo, o silêncio e a pedra

Quem é você na parábola do bom samaritano?