Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Isaque: entre sorrisos e poços entulhados

Isaque teve que cavar seus próprios poços
"Deus preparou riso para mim; todo aquele que o ouvir, se rirá comigo" Gn 21.6
Bp Erisvaldo Pinheiro Lima
Palavra ministrada na C. E. Arca da Aliança em 16/03/2014.

Seu nome significa ele sorri. Um nome atribuído à alegria de Sara pela promessa realizada, seu ventre estéril e já avançado de idade gerou um filho. Aquele menino era um verdadeiro sorriso para seus pais. Mas, para Isaque, sua vida não foi de tantos sorrisos assim. Pelo menos até se cumprir o que a vontade do Senhor.

Isaque nasceu em Berseba. Habitou em Beer-laai-Roi. Após uma fome geral, mudou-se para Gerar. E por fim, retornou para Berseba. Em cada lugar, um aprendizado cada vez mais significativo.

  • Berseba:

Esta cidade fica marcada nas páginas bíblicas por ser palco de diversas cenas memoráveis. Foi em Berseba que Sara estampou um largo sorriso diante da confirmação da promessa de gerar, mesmo na velhice e esterilidade. Também foi onde Abraão foi ouviu a sentença de Deus, que pediu seu primogênito em holocausto, uma prova de fé que resultou num dos exemplos de maior confiança e obediência registradas.

Além disso, foi em Berseba que Abraão cavou sete poços, sinônimo de prosperidade na época. Cada poço tinha cerca de 4 metros de diâmetro, mais de 14 metros de profundidade até a água e mais 5 metros até o fundo, todo aberto na rocha!

Isaque cresceu em Berseba, fui instruído na fé e usufruiu da prosperidade de seu pai. Mas, em algum momento de sua vida, o conforto de receber tudo de seu pai não o bastou, ele foi buscar cavar seus próprios poços.

  • Beer-laai-Roi

Significa 'poço daquele que me vê", em referência ao lugar onde um anjo mostrou um poço a Hagar, quando ela estava quase morrendo de sede. É onde tinha um poço de socorro. Isaque ficou um pouco de tempo ali. Pode ter experimentado o socorro divino. Porém, mais uma vez usufruiu de um poço que não tinha sido cavado por ele.

  • Gerar

Local de rotas e caravanas, uma região rica e próspera. Talvez, por isso, Isaque tenha migrado para lá. Foi o lugar onde Isaque mostrou sua fraqueza, mentiu ao rei e deixou sua esposa desprotegida. Um erro repetido de seu pai.

Até aqui, Isaque havia usufruído dos poços cavados de seu pai em Berseba, do que foi usado por Hagar em Beer-laai-Roi, mostrou sua fraqueza na próspera Gerar. 

Isaque troca as rotas comerciais pelo vale de Gerar. E é somente aqui que o filho da promessa cava seus próprios poços:
  1. Eseque (contenda)
  2. Sitna (inimizade)
  3. Reobote (alargamento)
Veja que exemplo de persistência e de capacidade de dar a volta por cima. Isaque tinha por direito aquele primeiro poço, porém os amalequitas o tomaram. Como se nada tivesse acontecido, Isaque lidera a escavação de mais um poço, que mais uma vez, os inimigos o tomaram. E com uma capacidade incrível de superação, Isaque cava um terceiro poço. Agora os amalequitas o deixam em paz e Isaque reconhece que Deus o abençoe. Na lembrança do agir de Deus, Isaque decide voltar ao início. Um retorno ai início de tudo.

  • Berseba

Em Berseba, Isaque faz diferente. Ele planeja cavar um poço ali, mas antes, edifica um altar! E como um prêmio pela persistência e pelo aprendizado, Deus conforta Isaque com um belo "não temas, porque eu sou contigo, abençoar-te-ei..."

Cave seus próprios poços, querido leitor. Temos diversas fontes de estudos e ensinamentos acerca das coisas de Deus, mas, procure cultivar sua própria intimidade. Ter seu devocional com o Espírito. O inimigo de nossa alma tentará entulhar nossos poços, é onde devemos aprender a dar a volta por cima, não nos abatermos tanto, e sempre voltar ao início de tudo. 

Edifique um altar de memoriais diante do Senhor e cave um poço na rocha até chegar na água! Esforço e persistência são reconhecidos quando se chega na fonte das águas do Espírito. 



Que a benção do Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó esteja sobre ti.

Fonte de apoio:
Novo Dicionário da Bíblia - John Davis - Editora Hagnos

Postagens mais visitadas deste blog

Elias na caverna e as provas do vento, terremoto e fogo.

A ressurreição de Lázaro: o tempo, o silêncio e a pedra

Quem é você na parábola do bom samaritano?