Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Batalha espiritual: a comissão e o valente

Imagem
Ninguém pode roubar os bens do valente, entrando-lhe em sua casa, se primeiro não manietar o valente; e, então, roubará sua casa. (Mc 3.13)
A parábola do valente é um ensino poderoso para o cristão. Neste texto, Jesus usa figuras de linguagem. O valente corresponde o diabo. A casa corresponde o mundo ou o coração das pessoas que estão no mundo (Mt 12.43-45, 1 João 5:19). Os bens do valente correspondem a tudo aquilo que está sob domínio do inimigo, seja lugares, ou principalmente, pessoas. Antes de roubar esses bens do valente, ele precisar ser manietado (subjugado, dominado, amarrado). Para fazermos missões, evangelismos e prosseguir enquanto igreja que incomoda o inimigo, precisamos entender esse ensino.

Para entendermos a profundidade dessa parábola, precisamos voltar um pouco no capítulo 3 do Evangelho que escreveu Marcos. Reflita:


A comissão Voltemos ao versículo 13 em diante. Jesus ora uma noite inteira num monte para a escolha dos doze (Lc 6.12-13). Escolhas requerem intensas o…

Atraídos pelo Senhor

Imagem
Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração. E lhe darei as suas vinhas dali e o vale de Acor, por porta de esperança; e ali cantará, como nos dias da sua mocidade e como no dia em que subiu da terra do Egito. (Oséias 2.14-15)

O livro do profeta Oséias é um dos livros mais surpreendentes da Bíblia. Narra a história de um relacionamento entre um esposo apaixonado e uma esposa infiel. Esse relacionamento tipifica a relação entre o Senhor e Israel, seu povo. No Velho Testamento, o relacionamento entre Deus e seu povo é tipificado pela aliança matrimonial. Deus, como o esposo apaixonado, e Israel, a esposa infiel (confira Ezequiel 16:8-14) No Novo Testamento ocorre uma mudança de relacionamento. A aliança recorrente é a de noivado. A Igreja, sendo a noiva adornada, a o Senhor Jesus, como o noivo que está preparando o lugar na mansão do Pai para sua noiva (Ef 5:25-27,32; Ap 21:2-3, Jo 14.2-3).

Essa diferença de relacionamento é muito importante. No c…

Escola de Profetas: O Evangelho segundo Marcos (6ª aula)

Imagem
Escola de Profetas: O Evangelho segundo Marcos (6ª aula)
João Marcos residia em Jerusalém. Sua casa era lugar de oração, onde a igreja ali intercedeu fortemente em favor de Pedro (At 12.12). Fez parte da 1ª viagem missionária de Paulo , mas se “apartou deles” e voltou a Jerusalém (At 13.5,13). Na segunda viagem, Paulo preferiu não levá-lo e Marcos seguiu com Barnabé para Chipre (15.22). Mais tarde, volta a ser um dos cooperadores de Paulo (Cl 4.10, Fm 24). Segundo Papias (130 d.C.), após o martírio de Paulo, Marcos acabou sendo um cooperador de Pedro em Roma (1Pe 5.13). Por isso, escreveu seu Evangelho aos cristãos romanos, num período em que a igreja sofria intensa perseguição do Império Romano. Isso pode ser observado na mensagem central do livro, veja:
O Evangelho é nitidamente dividido em duas partes, o ministério na Galiléia, e região circunvizinha, e o ministério em Jerusalém:
Na Galiléia acontece a primeira parte do Evangelho de Marcos: 

O texto é descrito num ritmo rápido de acont…

Escola de Profetas: O Evangelho segundo Mateus (5ª aula)

Imagem
Escola de Profetas: O Evangelho segundo Mateus (5ª aula)

O Evangelho de Mateus teve importância fundamental na história da igreja primitiva. Pela organização e conteúdo, foi muito usado para discipulado dos novos convertidos. Foi base para avivamentos históricos. Este Evangelho foi escrito para os judeus-cristãos. Essa informação é de suma importância para compreensão da profundidade deste livro. Veja:
O início do Evangelho de Mateus é apresentado com muita semelhança ao livro de Êxodos
Ambos começam com uma genealogia, seguindo com destaque sobre o nascimento de seus personagens principais, Moisés e Jesus. Os dois livros tratam da morte de inocentes, em Êxodo, os filhos varões dos hebreus, e em Mateus, os filhos varões de até dois anos de idade da cidade de Belém. Reparem que na sequência há uma ruptura de anos de aparente isolamento. Moisés aparece no enredo já em idade adulta, o mesmo acontece no Evangelho escrito por Mateus. A história segue com um combate entre Moisés e faraó. No …